Quem sou eu

Minha foto
Sou escritora e atriz. Adoro ler, escrever, assistir a filmes e ir ao teatro. Escrevi dois livros "A ilha e a menina" e "Livremente Mara", que virou peça de teatro e estreia no final deste ano.

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

O Luto


Olho impávida para a tela branca a minha frente. O que será que posso escrever? Me vem um sentimento de tristeza por saber que muitos jovens morreram esse fim de semana, procurando um pouco de diversão, alegria. Encontraram a morte ou perderam saúde, beleza, e estão com muita dor. Sinto pesar por eles. Lembro-me do que aconteceu em Bandeira do Sul há dois anos, quando numa micareta, alguém jogou confete laminado nos fios elétricos, causando curto circuito levando muitas pessoas ao óbito e outras a ferimentos graves. Fiquei triste porque Bandeira do Sul, na minha cabeça, era o lugar da inocência, das diversões matreiras adolescentes. Nunca pensei que isso pudesse acontecer quase no meu nariz. Não há como não ficar de luto mais uma vez.

Nenhum comentário:

Postar um comentário