Quem sou eu

Minha foto
Sou escritora e atriz. Adoro ler, escrever, assistir a filmes e ir ao teatro. Escrevi dois livros "A ilha e a menina" e "Livremente Mara", que virou peça de teatro e estreia no final deste ano.

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Significando a existência

Bom dia!
Sento-me em frente ao computador um pouco desconfortável porque estou escrevendo direto no blog. Geralmente escrevo em outro computador e depois publico no blog, com diferença de dias, às vezes. Isso explica porque passo dias fora e meu blog continua em dia. Agora nem tanto por conta dos contratempos. Ri de mim mesma porque estou criando alguns hábitos. Um é este, de escrever no meu computador primeiro, no editor de texto, para depois passar para o blog. E outra coisa: fico maluca para digitar meus manuscritos, uma vez que eles são muito passíveis de perda. Tem pessoas que acham que a digitalização não é confiável. No entanto, esses conceitos começam a ser invertidos, uma vez que ter seus escritos digitados é o primeiro passo para que eles sejam lidos. Como faria, por exemplo, se não digitasse o que escrevo agora? Como isto seria publicado? E os contos que ganhei em concurso? Como faria se um dia, com muito esforço, não digitasse os manuscritos deles? Sim, porque a maioria dos meus textos antigos são escritos à mão. E muita coisa ainda continua. Tenho tanta coisa escrita que se fosse digitar tudo iria ficar demente. Mesmo quando não escrevo nada literário, encho páginas e páginas do meu diário. Parece infantil ter diário, a até mesmo um blog chamado "O diário de uma escritora", que raio de tantos diários? No entanto, funciono assim: sou movida, organizada à base de escrita. Sem ela, nem consigo nem saber quem eu sou.
Fico imaginando se nascesse numa época em que não houvesse escrita ou que o conhecimento das letras não chegasse até mim. Decerto iria colocar outra coisa no lugar para dar algum significado a essa existência, que como diz Ferreira Gullar, não há significado algum.
Tenham todos um ótimo dia!
Quel

Um comentário:

  1. Definida pela propria escrita hein? Mas que interessante, Ra. Que delicia ler o seu blog!

    ResponderExcluir