Quem sou eu

Minha foto
Sou escritora e atriz. Adoro ler, escrever, assistir a filmes e ir ao teatro. Escrevi dois livros "A ilha e a menina" e "Livremente Mara", que virou peça de teatro e estreia no final deste ano.

quarta-feira, 26 de junho de 2013

Desabafo Vespertino


Há alguns passos na vida da gente que é preciso ter coragem. Tem que fechar os olhos e ir em frente. Eu tenho medo, mas vou enfrentar as dificuldades da vida do tamanho que elas são. Com os pés no chão, ligada na realidade, com muito trabalho, espero chegar lá. Espero experimentar muitos sabores de vinhos, conhecer muitos lugares e sei que a vida não para por aqui. É desconcertante o recomeço, o novo modo de olhar a vida, de enfrentar os problemas. Dizer adeus às coisas que gosta, praticar o desapego de lugares e prazeres. Fecho os olhos e mergulho na vida. Meu amor fala que sou dramática, é que sou profunda. As coisas não passam por mim, elas passam dentro de mim.

Espero ser feliz pelo meio da disciplina e do caminho contra a maré do consumismo exacerbado.

Boa reflexão  a todos!

Raquel de Souza

3 comentários:

  1. O sentido da vida é esse: Enfrentar novos desafios, renunciar e conflitar diariamente. Saudades... Bjs

    ResponderExcluir
  2. Oi gente, obrigada pelos comentários. E vamos seguindo na luta para ser mais feliz.

    ResponderExcluir