Quem sou eu

Minha foto
Sou escritora e atriz. Adoro ler, escrever, assistir a filmes e ir ao teatro. Escrevi dois livros "A ilha e a menina" e "Livremente Mara", que virou peça de teatro e estreia no final deste ano.

terça-feira, 15 de junho de 2010

Ideias mais coloridas

Olá amigos,
Andei alguns dias sem postar nenhuma mensagem. No entanto, isso não se deu pela falta de assunto e sim pelas horas que voam e quando quero ver sumiram de minhas mãos. Na verdade, estava resolvendo assuntos de uma outra ordem e decidi ficar alguns dias sem trabalhar no meu livro novo. Mas agora estou de volta. Hoje chegou o “boneco” do meu romance “Livremente Mara”. E é muito bom tocar na estrutura do que será meu livro publicado. Eu adivinho minha emoção quando tocar nele, realmente concretizado. Para falar a verdade, já é bom demais acompanhar o nascimento desse livro, curtir cada processo de edição, cada detalhe. Como tenho um cronograma tranquilo, dá para desenvolver tudo com muita calma.
Como fiquei afastada uns dias do blog, a mesma coisa aconteceu com o romance que agora estou escrevendo. Se bem que voltarei amanhã a escrever com uma ideia, vamos dizer assim, mais colorida sobre o que vou digitar daqui para frente. Isso devido às coisas que vi, senti e li esses dias. A vivência é muito importante para o florescimento das ideias. Não dá para se criar fechada num quarto. Dá até para se escrever numa condição dessas. Mas quando estamos falando em construir algo “novo”, precisamos ter contato com o mundo. Senti-lo, sentir as pessoas, e principalmente se sentir.
Como já é madrugada, vou dormir que amanhã acordo cedo. Já diz o ditado “Deus ajuda quem cedo madruga.” Agora preciso me organizar melhor para dormir mais cedo. Afinal, sonolenta, não tenho vontade de nada.
Que o jogo do Brasil dê alegria, mesmo que fugaz, ao nosso povo.
Abraços,
Raquel de Souza
15/06/2010, 1:30 da madrugada

Nenhum comentário:

Postar um comentário